TGS impulsionado pela recuperação do mercado sísmico

Postado por Joseph Keefe10 abril 2018
Imagem de arquivo (CREDIT: AdobeStock / © DonvictoriO)
Imagem de arquivo (CREDIT: AdobeStock / © DonvictoriO)

As receitas do primeiro trimestre aumentaram em 56%; ações saltam 13 por cento.
A fornecedora de dados sísmicos listada em Oslo, a TGS, fornecedora-chave da indústria petrolífera, divulgou que as receitas do primeiro trimestre estão muito acima das previsões, conforme os mercados continuam melhorando, informou na terça-feira, elevando o preço de suas ações.
A receita líquida do trimestre de janeiro a março aumentou 56% em relação ao ano anterior, para US $ 135 milhões, superando a média de US $ 106 milhões prevista pelos analistas, de acordo com estimativas da Thomson Reuters.
A TGS, cujas embarcações vasculham o leito marinho em busca de potenciais depósitos de petróleo e gás, disse que mais de 85% das receitas do primeiro trimestre vieram das vendas de dados previamente coletados na extensa biblioteca da empresa.
"Com todas as regiões apresentando desempenho acima de nossas expectativas, vemos isso como mais um sinal de uma melhoria subjacente no mercado", disse o presidente-executivo da empresa, Kristian Johansen, em comunicado.
As ações da TGS aumentaram 13,8%, para 210 coroas norueguesas, na GMT 0928, superando um aumento de 1,3% no índice de referência de Oslo, enquanto a PGS listada em Oslo cresceu 6,6%.
"É um sinal de que a atividade de exploração está subindo sustentada por um preço do petróleo acima de US $ 60 durante um período relativamente longo e mais confiança entre as empresas de petróleo", disse à Reuters o diretor financeiro da TGS, Sven Boerre Larsen.
"O primeiro trimestre também faz parte de um novo ciclo orçamentário para nossos clientes. Eles estão trabalhando com um orçamento diferente do que no quarto trimestre", destacou Larsen.
Ele disse que o primeiro trimestre começou com uma nota cautelosa e que as vendas de março foram muito fortes.
John Olaisen, analista da ABG Sundal Collier, disse que os números de vendas foram extremamente bons e apoiou a participação da TGS como uma das principais recomendações da ABG.
Enquanto isso, a concorrente PGS se recusou a comentar as perspectivas do mercado, acrescentando que a companhia estava em um período silencioso antes dos resultados do primeiro trimestre, em 26 de abril.

A TGS anunciará os lucros completos do primeiro trimestre em 9 de maio.

De Ole Petter Skonnord

Categorias: Contratos, Energia, Energia Offshore, Engenharia subaquática, Finança, No mar, Notícia, Técnica de navio sísmico, Veículos não tripulados