Aliança de Integração Submarina no Prêmio SURF de Campo Bacalhau

Pessoal OE30 janeiro 2020

A Subsea Integration Alliance, uma joint venture entre a Subsea 7 e a OneSubsea, recebeu um contrato exclusivo da Equinor para o estudo FEED (Front End Engineering Design) para o SURF (Subsea, Umbilical, Risers e Flowlines) em seu Bacalhau (anteriormente Carcará) projeto, offshore no Brasil.

O trabalho premiado é necessário para finalizar a definição técnica do desenvolvimento de campo proposto antes da Equinor tomar decisões finais de investimento (FID) no final de 2020.

O campo de Bacalhau está localizado a 185 km do litoral do Estado de São Paulo, em lâmina d'água de 2050 metros. Será Bacalhau (Carcará) o primeiro empreendimento greenfield do pré-sal por uma operadora internacional.

A Subsea 7 disse quinta-feira que o contrato se baseava em um prêmio em duas etapas. O FEED e o pré-investimento estão começando agora, com uma opção para a fase de execução em uma configuração de chave na mão que inclui engenharia, suprimento, construção e instalação para todo o escopo SURF e SPS.

O desenvolvimento incluirá 19 poços, aproximadamente 130 km de risers rígidos e linhas de fluxo e 35 km de umbilicais.

Além disso, a Subsea Integration Alliance será responsável pela vida subseqüente do suporte de campo. O valor do contrato EPCI será reconhecido apenas pela Subsea 7 em sua carteira de pedidos após o FID e representará um grande prêmio do projeto. O Subsea 7 define um contrato importante como sendo superior a US $ 750 milhões.

As atividades de instalação offshore estão programadas para 2022 e 2023. Bacalhau é o primeiro projeto integrado SPS e SURF do Brasil.

Além do acordo da Subsea Integration Alliance, a Equinor assinou um acordo com a japonesa Modec para o fornecimento de um FPSO para o campo de Bacalhau. O FPSO será o maior do Brasil.

“Bacalhau é um ativo de classe mundial no pré-sal brasileiro em Santos. O Brasil é uma área central de crescimento para a Equinor e a empresa tem a ambição de produzir de 300 a 500 mil barris por dia no Brasil até 2030. Bacalhau será um importante colaborador para alcançar esse objetivo ”, diz Margareth Øvrum, vice-presidente executiva de Desenvolvimento da Equinor. e Produção Brasil.



Leia mais: Equinor escolhe Modec para o maior FPSO do Brasil

Categorias: Contratos, Energia Offshore, Equipamento